Exposição evocativa da trajetória das exposições do acervo do Clube, em espaços próprios, ao longo do tempo. Inicia com a primeira exibição pública de troféus de que há registo, em 1910, e termina com o Museu Benfica - Cosme Damião, inaugurado em 2013. No percurso expositivo, há um enfoque especial na reinstalação da Sala das Taças de 1970, situada no mesmo local onde a exposição decorre.

Pretende-se, também, confrontar o visitante com a diferença entre a prática museológica do passado e a do presente. Nomeadamente, entre o modelo tradicional que imperava nas salas de troféus – centrado na exibição da quantidade – e a visão contemporânea do Museu Benfica - Cosme Damião – focado na comunicação da memória.

Homenageia, ainda, Álvaro Curado e Joaquim Macarrão, dois cuidadores históricos do acervo do Clube.


Curadoria:

Luís Lapão

Ana Saraiva Rosa

Mafalda Esturrenho