O local onde se ergue o edifício da antiga secretaria do Sport Lisboa e Benfica, hoje património da Fundação Benfica, é um sítio com uma história que recua até ao século I. Quando Lisboa era ainda Olisipo, por ali passava uma importante via romana de saída da cidade. Mais tarde, esse era o local da Porta de Santo Antão da medieval Cerca Fernandina e do Palácio da Inquisição, com o seu jardim, estruturas que viriam a dar nome à Rua das Portas de Santo Antão e à Rua do Jardim do Regedor.

O edifício, que faz parte do plano de reconstrução da cidade após o terramoto de 1755, é construído em meados do séc. XIX para habitação. Transformou-se num dos clubes noturnos mais representativos da noite lisboeta, o Bristol Club (1918-1928), e, a partir de 1933, é ocupado pelo Sport Lisboa e Benfica.

No espaço da receção, uma cronologia leva o visitante a percorrer vinte séculos de um sítio com história.


Curadoria:

Gabinete de Estudos Olisiponenses